24 de nov de 2015

Esquecendo de te esquecer



Você sabe que eu vou lutar pelo meu canto
E que esta noite vou chamar-te,
Depois do meu sangue, está se afogando em álcool,
Não, eu só quero te segurar

 








    Estou com uma sensação de que me falta algo. Passei na escola sem recuperação, estou me esforçando para passar no cursinho, arrumei meu quarto, ouvi uma musica nova, dancei, estudei um pouco, lavei o quintal, lavei os pratos, jantei, li um pouco e nada dessa sensação passar. Foi então que eu lembrei o motivo de todo esse vazio dentro de mim, eu estava tentando te esquecer. Terminei meu relacionamento platônico com você, mas nada de esquecer.
     Eu nunca passei por um termino de verdade, mas se doí mais do que terminar um amor platônico, eu nunca quero começar algo de verdade. Minhas propiás regras me matam por dentro, mas você nem pode sonhar que eu as sigo. O pior é quando você me pergunta o porque de eu estar tão distante e eu nunca posso dizer a verdade, mentir para você doí de mais, principalmente porque eu sei que você nem acredita.
    Olho aquela unica foto que temos juntos, eu sabia que me apaixonar pelo meu melhor amigo não daria certo e não há ninguém no mundo que não havia me avisado que eu sairia aos cacos dessa situação, o pior é que eu realmente sabia. A foto que tirei com você, as tardes juntos, as conversas e os segredos, porque eu tenho que esquecer de tudo de bom que passei com você para conseguir te esquecer? As lembranças machucam tanto...
    Sempre que escrevo eu lembro, lembro e me machuco, lembro e choro, lembro e tento esquecer, lembro e sinto saudades. O que seria dos meus dias sem você? eu acho tão egoísta da minha parte me afastar de você só porque eu não consigo ficar perto de você sem te querer, mas mesmo assim o egoismo agora é minha unica saída, é o único jeito de te ver e te querer apenas como amigo.
   Hoje, eu tive que te escrever porque eu achava que eu iria desistir e te procurar a qualquer momento, que eu ira te chamar para sair ou apenas olhar suas redes sociais, te escrevi porque cheguei a conclusão de que eu preciso eternizar meus sentimentos e minhas lembranças em palavras, te escrevi porque eu percebi que não quero esquecer as milhares de coisas que passei com você e finalmente, te escrevi porque eu só consigo escrever sobre pessoas/coisas que amo... 

Mesmo assim...


Nenhum comentário:

Postar um comentário